sexta-feira, 18 de julho de 2008

Mesa do canto

Arte de Nelson Magalhães Filho.

Meu amor
Veja só
Estas nuvens negras
Tapando o sol
Que na minha vida
Sempre esteve a brilhar
Eu estou
Que faz dó
Com um copo sobre a mesa
Remédio talvez para a dor
Que agora cerca a minha vida
Desde que você partiu
Para nunca mais voltar
Vem e acende meus olhos
Vem e torna este ar mais puro
Vem e arranca os abrolhos
Para ficar mais claro o meu futuro.

Letra de Zinaldo Velame, 1998.

Um comentário:

CACHORRO VADIO MORTO EM NOITE CHUVOSA disse...

Valeu pela tela Zinaldo. Dê um grande abraço no seu filho João Pedro.

Bar Delírio

Bar Delírio
Casa da Cultura. Arte de Roque Moraes.

Música de qualidade

Música de qualidade

Artes plásticas

Artes plásticas
Noites felinas. Nelson Magalhães Filho.

E.C. Bahia

E.C. Bahia

Música de qualidade

Música de qualidade
Zinaldo e o poeta Giordano Diniz.

Música de qualidade

Música de qualidade
Hermes Peixoto e Zinaldo. O poema Segredos de amor de Hermes foi musicado por Zinaldo e Ian Ferreira em 2008.