terça-feira, 5 de agosto de 2008

Koyotes em Cruz das Almas

NMF e o barerista dos Koyotes, Tony.


Geysa Coelho dando uma canja com os Koyotes.


Koyotes


No dia 25 de julho passado, sexta feira, fomos fazer um show em Cruz das Almas, cidade que fica a duas horas de carro de Salvador. Nós que integramos os Koyotes fomos convidados para tocar nas festividades pela passagem do 22º aniversário da Casa de Cultura Galeno D´Avelírio. O evento contou com apresentação de grupos de dança, uma exposição maravilhosa com trabalhos do artista plástico Zé da Rocha e um show da banda Filosofia Consciente do Rap. E nós fechamos a noite. A produção do evento foi perfeita, o equipamento e sonorização de palco estavam muito bons, o público idem e formado por diversas faixas etárias, atento e aberto e sedento por rock´n´roll. E engraçado é que aconteceu conosco algo que já presenciei em shows de outras bandas quando a platéia canta algumas canções executadas pelo grupo, canções estas que eles nunca ouviram antes. E voltamos ao palco para dois bis e estendemos a apresentação além do horário previsto. Foi uma noite inesquecível. Não existe mais tanta diferença entre capital e interior. A cena cultural de Salvador vive um momento dificílimo, muito em decorrência desta monocultura do axé que já se estende por mais de 20 anos. Mas não vamos aqui livrar a cara do rock e por a culpa apenas no axé, pois no campo do rock a situação também é periclitante. É corriqueiro nos shows de rock em Salvador a improvisação mambembe com eventos cuja esmagadora maioria tem início depois da meia noite ou em horários que impossibilitam a presença de um público comum, diverso e mais numeroso. Sem falar no próprio público da cena roqueira da capital que tem o costume e intenção de ir para a 'night' ao invés de assistir a proposta de uma banda. Por tudo isso e muito mais, o show dos Koyotes na Casa de Cultura de Cruz das Almas teve um sabor especial para nós. A confirmação que fazemos um trabalho com dedicação e fé mesmo centrados em Salvador, onde apesar do rock ter uma forte tradição, infelizmente vive um período muito complicado. Não somos uma banda de indie rock ou mesmo uma banda que busca influências do que seja hype. Por opção própria estamos posicionados longe, muito longe disto. Mas como diria o povo indie, nosso show em Cruz foi “liiiiindo”...
Miguel Cordeiro
http://www.miguelcordeiroarquivos.blogger.com.br/
Koyotes é formado por:Miguel Cordeiro – vocal e guitarra base
João Guilherme – baixo
Fernando Cardel – teclados
Ian Lassére – guitarra solo
Tony Lopes – bateria
SITE:http://www.tramavirtual.uol.com.br/koyotes

Um comentário:

Ian disse...

Iai meu velho?! TUdo certo?

Gostaria que me passasse algumas fotos do shwo dos Koyotes.

ian.lasserre@gmail.com

abs!

meu msn é ian.lasserre@hotmail.com

Bar Delírio

Bar Delírio
Casa da Cultura. Arte de Roque Moraes.

Música de qualidade

Música de qualidade

Artes plásticas

Artes plásticas
Noites felinas. Nelson Magalhães Filho.

E.C. Bahia

E.C. Bahia

Música de qualidade

Música de qualidade
Zinaldo e o poeta Giordano Diniz.

Música de qualidade

Música de qualidade
Hermes Peixoto e Zinaldo. O poema Segredos de amor de Hermes foi musicado por Zinaldo e Ian Ferreira em 2008.